Buscar
  • Diego Camilo

Conheça 13 mestres da atuação clássica e contemporânea.

Atualizado: 14 de Ago de 2020

Qual seu método de estudos para atuação favorito?

Conheça

treze grandes mestres estudiosos da atuação em ordem cronológica. Cada um traz sua abordagem através de métodos que dão ênfase a diversos aspectos de acordo com cada metodologia de trabalho como: memória, imaginação, experiência vivida, psicologia entre outros.

Os principais mestres da atuação, professores de atuação, metodos de atuação modernos e contemporânes.

1- Mikhail Chekhov (19851 – 1955)



Foi um ator russo-americano, diretor, autor e criador de arte do teatro. Sua técnica de atuação tem sido usada por atores como Clint Eastwood, Marilyn Monroe, Yul Brynner, e Robert Stack. Constantin Stanislavski se refere a ele como seu aluno mais brilhante.

2- Constantin Stanislavski (1863 - 1938).



Foi um ator, diretor, pedagogo e escritor russo. É mundialmente conhecido pelo seu "sistema" de atuação para atores e atrizes, onde reflete sobre as melhores técnicas de treinamento, preparação e sobre os procedimentos de ensaios. Embora pensadas para o teatro, suas proposituras cênicas são largamente utilizadas por artistas de cinema e televisão.

3- Bertolt Brecht (1898 - 1956)



Foi um destacado dramaturgo, poeta e encenador alemão do século XX. Seus trabalhos artísticos e teóricos influenciaram profundamente o teatro contemporâneo. Ao final dos anos 1920 Brecht torna-se marxista, vivendo o intenso período das mobilizações da República de Weimar, desenvolvendo o seu teatro épico. Sua praxis é uma síntese dos experimentos teatrais de Erwin Piscator e Vsevolod Emilevitch Meyerhold, do conceito de estranhamento do jornalista russo Viktor Chklovski, do teatro chinês e do teatro experimental da Rússia soviética, entre os anos 1917-1926. Seu trabalho como artista concentrou-se na crítica artística ao desenvolvimento das relações humanas no sistema capitalista.

4- Stella Adler (1901-1992)



Foi uma atriz de teatro e cinema dos Estados Unidos e importante professora de interpretação para atores. Fundou o Conservatório Stella Adler na cidade de Nova Iorque em 1949. Tornou-se importante por ser uma das professoras do reconhecido Método de Interpretação para atores, ou apenas Método, por mais de quarenta anos, técnica inspirada nos ensinamentos de Constantin Stanislavski. Em 1934 viajou a Paris para estudar pessoalmente com Stanislavsky, para trazer de volta, aos Estados Unidos, os pontos de vista do professor e ator russo que, segundo ela, estavam sendo distorcidos e vendidos como artigo de consumo pelo Actors Studio de Elia Kazan e Lee Strasberg.

5- Lee Strasberg (1901-1982)



Strasberg é considerado o patriarca do “método”, um sistema de representação da dramaturgia que inspirou legiões de grandes atores americanos durante sua vida. O Metodo consiste em uma releitura do sistema de representaçao teatral elaborado pelo diretor e ator russo Constantin Stanislavski, diretor por longos anos do Teatro de Artes de Mosco. Em 1931, Lee Strasberg foi um dos fundadores do Group Theatre, uma companhia de teatro que incluía lendas como Elia Kazan, John Garfield e Stella Adler.

Saindo do Grupo por desentendimentos com os outros fundadores em 1935, devido a suas teorias e métodos controversos sobre a arte de representar, em 1949 ele começou uma longa carreira de professor no Actor´s Studio, onde se tornou diretor artístico e revolucionou os métodos de ensino de representação, levando ao auge a reputação de qualidade da instituição. Entre seus pupilos estiveram atores e atrizes como Marlon Brando, Montgomery Clift, James Dean, e a mais famosa de todos, Marilyn Monroe.

6- Viola spolin (1906 1994)



Autora e diretora de teatro, é considerada por muitos como a fundadora ou a avó norte-americana do teatro improvisacional.

Spolin sistematiza os Jogos Teatrais, metodologia de atuação e conhecimento da prática teatral, que está presente em todos os fundamentos da atual comédia norte-americana, inclusive no Stand-up comedy. Os jogos teatrais apresentam influências do cabaré alemão, e da commedia dell'arte. Ela influenciou a primeira geração de artistas norte-americanos da arte da improvisação.

7- Uta Hagen (1919 2004)



Foi uma atriz alemã, famosa por seus trabalhos no teatro americano, Co-fundadora do HB Studio, em 1957, juntamente com seu marido Herbert Berghof, Hagen também passou a lecionar aulas de drama.

Entre tantos outros alunos, foi professora de futuros astros, tais como Robert De Niro, Liza Minnelli, Al Pacino, e Amanda Peet.

8- Sanford Meisner (1905 1997)



Também conhecido como Sandy, foi um ator e professor de atuação americano, que desenvolveu uma abordagem para o ensino da atuação que é agora conhecida como a Técnica Meisner. Embora Meisner tenha sido exposto ao Método de Interpretação para o Ator no Group Theatre, a sua abordagem se diferenciou marcantemente, no que ele abandonou completamente o uso de memória afetiva, uma das características mais importantes da atuação no Método. Meisner manteve uma ênfase na "realidade de fazer", que foi a base de sua abordagem.

9- Peter Brook (1925)



Peter Stephen Paul Brook é um Diretor de teatro e cinema britânico .Estudou no Magdalen College, na Universidade de Oxford. Um dos mais respeitados profissionais de teatro da atualidade. Nasce em Londres e estuda em Oxford. Começa a se interessar por teatro ainda na universidade, época em que é influenciado pelo trabalho de dramaturgos como Bertolt Brecht e Antonin Artaud. Propõe um teatro de caracterização psicológica dos personagens que torne visível a "invisível" alma humana.

10- Jerzy Grotowski(1933-1999)



Foi um diretor de teatro polaco e figura central no teatro do século XX, principalmente no teatro experimental ou de vanguarda.

Seu trabalho mais conhecido em português é "Em Busca de um Teatro Pobre", onde postula um teatro praticamente sem vestimentas, baseado no trabalho psicofísico do ator. A melhor tradução de "teatro pobre" seria teatro santo ou teatro ritual. Nele Grotowski leva as últimas consequências as ações físicas elaboradas por Constantin Stanislavski, buscando um teatro mais ritualístico, para poucas pessoas.

11- Tadashi Suzuki (1939)



É um diretor de teatro , escritor e filósofo japonês .Ele é o fundador e diretor da Suzuki Company of Toga (SCOT), organizador do primeiro festival internacional de teatro do Japão (Toga Festival). Com a diretora Anne Bogart, ele co-fundou o Saratoga International Theatre Institute em Saratoga Springs, Nova York. Ele é o criador do Método Suzuki de Treinamento de Atores. Suzuki foi diretor artístico geral do Shizuoka Performing Arts Center (SPAC) (1995 ~ 2007), membro do comitê internacional das Olimpíadas de Teatro , membro fundador do BeSeTo Festival (organizado em conjunto pelos principais artistas de teatro do Japão, China e Coréia) e presidente do Conselho de Administração da Japan Performing Arts Foundation, uma rede nacional de profissionais de teatro no Japão.


12- Ivana Chubbuck ( 1953)



É criadora da mundialmente conhecida e adotada “técnica Chubbuck”. Conhecida por capacitar seus alunos com as ferramentas necessárias para fazer escolhas dinâmicas e empoderadas em seu trabalho. Alguns dos atores com os quais Ivana trabalhou incluem vencedores e indicados ao Oscar: Charlize Theron, Halle Berry, Brad Pitt, Sylvester Stallone e James Franco. Ivana fundamentou sua técnica nas tradições de ensino de atuação — que remontam a Constantin Stanislavski, Sanford Meisner e Uta Hagen — e em exemplos de textos clássicos e contemporâneos.

13- Juan Carlos Corazza (1959)



Um dos principais preparadores de elenco do cinema espanhol, Juan Carlos Corazza, professor argentino residente na Espanha, leva seus alunos ao extremo, obrigando o ator a se questionar sobre seu papel na sociedade. Preparador do astro espanhol Javier Bardem, Corazza é uma referência no meio artístico contemporâneo.



Este texto é um brevíssimo resumo da história de cada um deles. Pode ser um ótimo guia que oferece 13 possibilidades para iniciar seus estudos de atuação através da pesquisa por obras destes grandes professores.


Você também pode gostar de ler:

O artista na era da informação.

Teste de elenco on-line. 10 dicas para selftape



494 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo